IPCA registra maior alta em Salvador

SÃO PAULO, 8 de agosto de 2007 - O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) medido em julho registrou a maior expansão em Salvador (0,58%), onde vários itens se apresentaram acima da média nacional (0,24%). É o caso da gasolina (2,05%) e dos alimentos (1,58%). Em junho, a inflação apurada na capital baiana foi de 0,08%.

Na outra ponta, o menor índice foi verificado na região metropolitana de São Paulo (-0,17%), frente elevação de 0,35% registrado em junho. No mês passado, a deflação em São Paulo foi provocada, principalmente, pelas contas de energia elétrica, com queda de 9,12%, gerando contribuição negativa de 0,30 ponto percentual no índice da região. No telefone fixo (-0,63%), a conta também ficou mais barata, tendo em vista, principalmente, redução de 18,80% no valor do minuto cobrado em chamadas interestaduais. Além disso, outros itens tiveram resultados abaixo da média nacional, a exemplo dos artigos de vestuário (-0,49%).

Fortaleza acumula a menor inflação no ano (1,55%), já Salvador aparece com a maior taxa acumulada (3,56%).

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais