Repsol nega venda da YPF para Eskenazi

A petrolífera espanhola Repsol negou hoje a venda de 25% da sua participação na argentina YPF para o empresário Enrique Eskenazi, presidente do Nuevo Banco de Santa Fe, na Argentina.

Em entrevista exclusiva à InvestNews, Begoña Elices García, diretora de Relações Externas da Repsol, declarou que o processo de compra da YPF ainda está em negociação.

"As notícias que foram publicadas em veículos da América Latina e Europa são apenas especulações. Oficialmente, a venda da YPF está em andamento e não há previsão para termino das negociações", declarou García.

Ontem, a imprensa argentina informou que Enrique Eskenazi havia adquirido a YPF por US$ 3 bilhões. Além disso, ressaltaram também que o empresário poderia se tornar o futuro presidente da companhia.

"Eskenazi é apenas um dos interessados em adquirir a YPF, junto com outros acionistas argentinos. Estamos em processo de seleção e não há como apontar no momento quem são os favoritos", reiterou García.