Oferta da EZ Tec movimenta R$ 470 milhões

SÃO PAULO, 20 de junho de 2007 - A oferta de ações da EZ Tec, 19ª companhia do setor de imóveis e construção a entrar para a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), movimentou cerca de R$ 470 milhões. Pelo novo cronograma apresentado hoje, as ações devem começar a ser negociadas na sexta-feira, dia 22, sob o código EZTC3.

A oferta compreende a emissão primária de 42.857.377 ações ordinárias, que listarão a companhia no Novo Mercado da Bolsa. O preço de emissão foi fixado em R$ 11, cifra dentro da estimativa que oscilava entre R$ 9 e R$ 12 por papel.

De acordo com dados da Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), os pedidos de reserva dos funcionários foram atendidos integralmente. E os pedidos de investidores de varejo foram atendidos integralmente até o valor de R$ 4.994. Sobre o que excedeu este valor, foi aplicado um rateio de 44,69%.

Segundo o prospecto, os recursos levantados junto ao mercado serão destinados à aquisição de terrenos, lançamento de novos empreendimentos, pagamento de dívidas e capital de giro.

A EZ Participações, SMM Participações, HPC Participações, Seth Empreendimentos, Incorporações e Participações, GAR Participações, Mapeca Participações Ltda, LMR Participações, SZA Participações, VJR Participações, Valey Participações e MFT Participações são os acionistas controladores, em decorrência do acordo de acionistas celebrado para regular o direito de voto.

Entre estas empresas, a EZ Participações, de Ernesto Zarzur, presidente do Conselho de Administração, é a que tem maior participação no capital total, com 46,31%. Com a oferta, todos os acionistas signatários do acordo terão sua participação na empresa diluída. O free float da empresa será de aproximadamente 30%.

Atuando no segmento residencial, do super econômico ao alto padrão, de São Paulo, a companhia se intitula uma das empresas com maior lucratividade dentro do setor, apresentando margem líquida de 40,2% em 2005 e 42,7% em 2006.

Em seus 28 anos de história já foram lançados 36 empreendimentos, totalizando 970 mil metros quadrados construídos e 5.306 unidades.

As datas ainda podem sofrer alterações.

(EC - InvestNews)