Petrobras está pronta para enfrentar greve, diz Gabrielli

REUTERS

BRASÍLIA - O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou estar preparado para enfrentar uma possível greve dos funcionários da empresa.

- Nós esperamos evitar a greve. Esperamos chegar a uma solução acordada, mas estamos preparados para enfrentar nossa greve - afirmou Gabrielli durante uma entrevista coletiva nesta terça-feira, no intervalo de uma reunião sobre energia em Londres.

Gabrielli afirmou também que atrasos em construções prejudicaram os planos de crescimento da empresa para 2007, mas ainda assim espera aumentar a produção diária para os patamares projetados até o final do ano e acima disso em 2008.

Segundo Gabrielli, os atrasos, parcialmente relacionados ao aperto registrado no mercado de serviços da área de petróleo, farão com que a empresa não alcance a meta de 10% de crescimento na produção em 2007.

Entretanto, a companhia ainda estará produzindo mais de 2 milhões de barris de petróleo por dia até o final do ano, disse o executivo. Capacidade nova de produção de petróleo e gás - no montante de 380 mil barris de petróleo equivalente por dia - serão acrescidos em 2008, afirmou Gabrielli.