Chefe do FMI alerta contra riscos em período de tranqüilidade

Agência EFE

WASHINGTON - O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), o espanhol Rodrigo de Rato, disse hoje que muitos investidores têm assumido riscos excessivos no atual período de tranqüilidade, o que pode ameaçar 'o verão extenso de crescimento' no mundo.

Em discurso no Clube Econômico de Toronto divulgado pelo FMI em Washington, Rato afirmou que 'alguns investidores têm subestimado os riscos, e outros, feito ouvidos surdos a eles de forma irresponsável'.

Segundo o chefe do FMI, isso explica, por exemplo, a crise do setor das hipotecas de risco nos Estados Unidos, que surgiu porque muitos compradores estavam convencidos de que o preço dos imóveis continuariam em alta, e muitos bancos os encorajaram 'de forma cínica, com o objetivo de ganhar dinheiro rápido'