Risco-país cai no México, Brasil e Argentina

SÃO PAULO, 18 de junho de 2007 - O risco-país mexicano caiu cinco pontos básicos, o da Argentina, 17 e o do Brasil, cinco, de acordo com dados preliminares do índice EMBI+ do banco JP Morgan, informou nesta segunda-feira a Secretaria da Fazenda mexicana. Com as mudanças, segundo o banco americano, o índice no México fechou o dia 15 de junho em 80 unidades, enquanto no Brasil o total ficou em 141 e na Argentina em 275.

O risco-país é um indicador usado para avaliar a estabilidade econômica de um país e sua capacidade para cumprir com obrigações financeiras. A cifra é resultado de uma diferença entre as cotações dos instrumentos da dívida externa emitidos pelos países e as dos bônus com características similares emitidos pelo departamento do Tesouro dos Estados Unidos, expressos em centésimos de ponto percentual.

O índice EMBI+ do JP Morgan acompanha a evolução dos rendimentos desses instrumentos de dívida que orientam os mercados internacionais, emitidos por 19 países emergentes.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)