Embrapa desenvolve isotônico natural

São Paulo, 07 de junho de 2007 - Um isotônico natural, à base de acerola e caju, foi desenvolvido pela Embrapa Agroindústria de Alimentos, unidade de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária(Embrapa), sediada no Rio de Janeiro, em parceria com a Universidade de Campinas (Unicamp).

A pesquisadora Virginia Martins da Matta, líder do projeto na Embrapa Agroindústria de Alimentos, explica que o novo produto é mais saudável do que os sucos sintéticos comercializados atualmente. Trata-se, segundo ela, de um repositor feito à base de frutas naturais que apresentam alto teor de vitamina C, da ordem de 300 miligramas por 100 gramas. O teor recomendado normalmente por pessoa é de 90 miligramas por 100 gramas, disse Virginia da Matta.

Segundo a pesquisadora, os repositores que estão no mercado contêm água, substâncias químicas, aroma artificial de fruta e corante. 'Esse é o repositor tradicional. O que a gente desenvolveu não tem nada disso. Na verdade, nós temos a mistura de sucos de frutas (acerola e caju) e a quantidade de sais adicionada para que ele tenha essa função de repor sais', explica ela. 'Ele é mais saudável por isso. Tem os antioxidantes, as vitaminas que têm as frutas.'

Testes preliminares de pré-viabilidade econômica já foram realizados na indústria e revelam que a taxa de retorno é atrativa para o mercado, segundo ela. A Embrapa quer estabelecer parcerias para transferir a tecnologia relativa à fabricação do isotônico à iniciativa privada.

As informações são da Agência Brasil.(Redação - InvestNews).