Mercado fatura R$ 2,4 bi no quadrimestre

SÃO PAULO, 5 de junho de 2007 - O primeiro quadrimestre de 2007 foi positivo para o mercado de capitalização. A Federação Nacional das Empresas de Capitalização (Fenacap) comemora os R$ 2,4 bilhões de faturamento acumulado no período, cifra 16,3% superior ao montante obtido no ano passado.

As reservas do setor também acompanharam este movimento com crescimento de 6,8%, totalizando, em abril, R$ 11,4 bilhões. A receita mensal alcançada pelo segmento foi de R$ 636 milhões.

"Os números do quadrimestre são relevantes e mostram que o brasileiro está interessado em guardar parte de seus rendimentos. Assim, a capitalização cumpre o seu papel disciplinador, em relação ao hábito de poupar, ao mesmo tempo em que propicia a organização das finanças pessoais e o planejamento futuro de como o total resgatado no final do plano será utilizado", destacou o diretor de capitalização da Fenacap, Neival Rodrigues Freitas, por meio de comunicado.

Segundo o presidente da Fenacap, José Ismar Alves Tôrres, vários fatores estão colaborando para esse desempenho da capitalização. "Podemos citar, dentre eles, o empenho das empresas do setor na melhoria constante da comunicação com os consumidores, o desenho de títulos criativos, campanhas de marketing diferenciadas, além da ampla gama dos valores das contribuições mensais, o que atrai clientes de diversas faixas sociais."

O Estado de São Paulo continua na liderança do ranking nacional com faturamento, no período, de R$ 913 milhões e participação de 38% no segmento. A segunda colocação fica com o Rio de Janeiro, com R$ 261 milhões de receita e 10,9% de presença, e Minas Gerais vem em terceiro com R$ 224 milhões e 9,3% da fatia do mercado.

(Redação - InvestNews)