Exportações portuguesas ao Brasil crescem 42%

SÃO PAULO, 5 de junho de 2007 - As exportações portuguesas para o Brasil subiram 42,2% nos cinco primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, para US$ 138,372 milhões (R$ 269,2 milhões), informou nesta terça-feira à Agência Lusa, fonte do governo brasileiro.

Os principais produtos portugueses vendidos para o Brasil em maio foram p-xileno (produto petroquímico), óleos lubrificantes sem aditivos, azeite, moldes e cabos acrílicos.

Já as exportações brasileiras para Portugal caíram 2,9% em relação ao período de janeiro a maio de 2006, para US$ 645,406 milhões (R$ 1,255 bilhão), segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Até o quinto mês de 2007, as trocas comerciais entre os dois países atingiram US$ 783,778 milhões (R$ 1,525 bilhão), 2,8% a mais que nos cinco primeiros meses do ano passado.

Somente em maio, o Brasil vendeu para Portugal o equivalente a US$ 168,3 milhões (R$ 327,5 milhões), enquanto as exportações portuguesas para o mercado brasileiro somaram US$ 31,6 milhões (R$ 61,6 milhões).

Na pauta de exportação brasileira para Portugal, os destaques foram petróleo, soja, laminados de ferro e aço, fumo, açúcar e carne bovina.

(Redação - InvestNews)