Mantega espera upgrades em outras agências em breve

BRASÍLIA, 10 de maio de 2007 - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, espera que as demais agências de classificação de risco elevem a nota do Brasil sob o risco de ´ficarem para trás´ após o upgrade anunciado nesta quinta-feira pela Fitch Ratings. ´Tenho certeza de que elas estão analisando com cuidado a evolução da economia brasileira e, em breve, deverão fazer modificações no rating. Porque senão ficarão para trás´, disse.

Mantega diz que ficou muito satisfeito com a decisão da Fitch anunciada no meio da manhã. ´É o reconhecimento de que o Brasil está cada vez melhor. O Brasil está sólido, a economia está crescendo, a gestão da dívida está melhorando e, portanto, o Brasil hoje é um país confiável, seguro´, disse o ministro que convocou entrevista para comentar o upgrade.

O ministro da Fazenda preferiu não fazer qualquer avaliação sobre quando o Brasil deve receber o grau de investimento, o investment grade. Ele disse que prefere não estabelecer uma data e rejeitou a afirmação de que o governo espera que isso ocorra em 2008. ´Na verdade, nem estou preocupado com isso. O que me interessa é que haja esse reconhecimento. Isso possibilita que o Brasil usufrua das vantagens de ser um país seguro´, disse ao citar o juro mais baixo e o acesso ao crédito dos países desenvolvidos, entre outros benefícios.

(Fernando Nakagawa - InvestNews)