Tóquio tem 1º recorde de pontos desde o efeito dominó

SÃO PAULO, 9 de maio de 2007 - A Bolsa de Tóquio fechou em alta nesta quarta-feira, registrando seu nível de pontos mais alto desde 27 de fevereiro, quando o mercado financeiro global desabou puxado pelo desempenho negativo das bolsas chinesas. O índice Nikkei 225 subiu 91,28 pontos, alta de 0,51%, para 17.748,12 unidades. Já o indicador Topix, que reúne todos os valores da primeira sessão, avançou 0,70%, para 1.745,01 pontos.

Após anunciar boas perspectivas de resultados, as ações da companhia de transporte marítimo Kawasaki Kisen Kaisha avançaram 9,35%, liderando as altas na sessão de hoje. Em terreno positivo, destaque também para os papéis da Olympus, que subiram 4,05% após a companhia elevar sua previsão de benefício operativo para 8,4%.

Em relação às companhias que apresentaram resultados negativos, destaque para as ações do provedor de serviços de internet e telecomunicações Softbank, que recuaram 3,15% um dia após a UBS rebaixar sua recomendação. Os papéis da Fuji Electric Holding caíram 3,09% e da NTT Data Corp. recuaram 2,75%. As ações da Nikko Cordial registraram queda de 2,29%, mesmo após o Citigroup ter anunciado hoje a compra da empresa.

No mercado de divisas de Tóquio, o dólar encerrou o dia cotado a 119,83 ienes, frente aos 119,94 ienes registrados no fechamento do pregão anterior. Já o euro fechou a 162,24 ienes, contra 163,14 ienes da última sessão.

(Marcel Salim - InvestNews)