EPE divulga lista de empreendimentos habilitados

SÃO PAULO, 9 de maio de 2007 - A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) habilitou tecnicamente 70 empreendimentos para o Leilão de Energia de Fontes Alternativas, que será realizado no próximo dia 24 de maio. A licitação será destinada à comercialização de energia elétrica proveniente de três tipos de fontes: hídrica, a partir de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), térmica (biomassa) e eólica. As usinas habilitadas somam potência instalada total de 2.022 MW.

Dos empreendimentos habilitados tecnicamente pela EPE, 49 (equivalente a 70% do total) são de PCHs, que juntas representam 751 MW de capacidade de geração. As usinas termelétricas movidas a bagaço de cana-de-açúcar e rejeitos de criadouros avícolas totalizam 15 habilitações, com potência de 649 MW. Seis usinas movidas pela força dos ventos, com potência de 622 MW, obtiveram habilitação.

De acordo com o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, o Leilão de Fontes Alternativas é, juntamente com Leilão de Energia A-3 (a ser realizado em 26 de junho), um importante instrumento visando ao atendimento das necessidades de complementação da oferta de energia elétrica para o ano de 2010, garantindo assim segurança e confiabilidade no tocante ao abastecimento energético brasileiro para os próximos anos.

O Leilão de Energia de Fontes Alternativas é o primeiro deste tipo promovido no país, e será realizado pela internet. A energia negociada no processo será destinada ao atendimento do mercado das empresas distribuidoras de energia elétricas, que participarão como compradoras. Essas empresas firmarão Contratos de Comercialização de Energia em Ambiente Regulado (CCEAR) com os empreendedores que obtiverem êxito na negociação. Os CCEAR, válidos a partir de 2010, terão vigência de 30 anos para as PCHs e de 15 anos para as térmicas à biomassa e centrais eólicas. Informações detalhadas sobre o processo podem ser consultadas no Edital e nos Documentos Vinculados ao Leilão.

As informações são da EPE.

(Redação - InvestNews)