Com novo PIB, total de empréstimos soma 31,3%

BRASÍLIA, 26 de abril de 2007 - O total das operações de crédito do sistema financeiro aumentou 1,3% em março de 2007 na comparação com fevereiro. De acordo com números apresentados na manhã desta quinta-feira pelo Banco Central (BC), a carteira de empréstimos - incluindo recursos livres e direcionados - terminou o mês passado em R$ 757,116 bilhões. Em 12 meses, o crescimento é de 21%.

O valor da carteira total do mês passado equivale a 31,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Nessa conta, já vale a nova fórmula de cálculo do PIB, que elevou o peso dos serviços e, como conseqüência, aumentou o PIB do ano passado.

De acordo com a nota do BC, a maior parte dos empréstimos foi direcionada ao mercado de crédito livre - com fatia equivalente a 21,5% do PIB. Para o segmento de recursos direcionados, foram 9,8% do PIB. Há um ano, essas parcelas estavam em 19,2% e 9,3%, respectivamente, o que somava 28,5% do PIB.

Na divisão por instituição financeira cedente, os bancos privados lideraram, com 12,9% do PIB, públicos vieram em segundo, com 11,5%, e estrangeiros responderam com 6,9% do PIB.

(Fernando Nakagawa - InvestNews)