Prazo médio da dívida sobe para 31,88 meses

BRASÍLIA, 25 de abril de 2007 - O prazo médio da dívida interna brasileira teve elevação em março. De acordo com números apresentados pelo Tesouro Nacional nesta quarta-feira, a dívida terminou o mês com prazo médio de 31,88 meses, contra 31,64 meses de fevereiro de 2007.

Nas novas emissões, o prazo teve elevação de 33,7 meses observados em fevereiro para 35,52 meses em março.

Já a parcela da dívida interna com vencimento em até 12 meses caiu de 35,55% para 35,03%. Enquanto a participação dos papéis de curto prazo caiu ligeiramente, o peso dos títulos de longo vencimento caiu de 9,94% para 9,78% da dívida.

O indicador da vida média - indicador que mede o período entre o mês atual e vencimento dos papéis - subiu de 47,16 meses para 47,62 meses. O indicador é diferente do prazo médio, que leva em conta todo o prazo do papel - desde o momento de lançamento até o vencimento. Já a vida média leva em conta apenas o período corrente - do momento atual até a liquidação do papel.

(Fernando Nakagawa - InvestNews)