Futuros indicam pregão de alta

SÃO PAULO, 25 de abril de 2007 - Os índices futuros em São Paulo e Nova York apontam para uma abertura de pregão em alta. Há pouco, o Ibovespa com vencimento em junho subia 0,65%, para 49.890 pontos, na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F).

Os futuros de Dow Jones também apontam para cima, com o índice operando aos 13 mil pontos. Os investidores repercutem os fortes balanços financeiros e mantêm o otimismo à espera de novos indicadores econômicos. Na agenda do dia, dados sobre a venda de novos imóveis, encomendas por bens duráveis e o Livro Bege do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

Até o momento 18 das 30 empresas que compõem o Dow apresentaram resultados. Destes 12 ficaram acima da expectativa.

No pregão de ontem, o Ibovespa não superou a instabilidade em Nova York, encerrando com baixa de 0,19%, aos 49.071 pontos. Em Nova York, Dow Jones subiu 0,27% e a Nasdaq ganhou 0,03%.

Análise gráfica da consultoria UpTrend, indica resistência aos 49.100, 49.230, 49.230, 49.350 e 49.510 pontos. Os suportes ao movimento de venda ficam nos 48.910, 48.800, 48.690, 48.550 pontos.

Na Ásia, queda para Tóquio e Seul quer recuaram 1,24% e 0,72%, respectivamente. Alta de 0,63% em Xangai. Os mercados Europeus opera em alta, com Londres avançando 0,36% e Frankfurt ganhando 0,58%.

(EC - InvestNews)