Xangai e Shenzhen fecham em alta após forte queda

SÃO PAULO, 20 de abril de 2007 - As bolsas de Xangai e Shenzhen se recuperaram nesta sexta-feira e encerraram o pregão em alta. Ontem, a preocupação dos investidores diante da divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) da China, que cresceu 11,1%, e da inflação ao consumidor de março, que avançou 3,3%, fez crescer os rumores de que o banco central local possa elevar a taxa de juro. Na véspera, o índice Xangai Composto caiu 4,52%.

Passado a preocupação inicial, os mercados começaram a se recuperar. Hoje, o fluxo de entrada de fundos por parte de investidores varejistas, em busca de retornos mais elevados para suas economias, impulsionou a alta de 3,91% no índice Xangai Composto, para 3.584,17 pontos, com volume de negócios de 157,39 bilhões de iuanes (US$ 20,389 bilhões). Em Shenzhen, o índice apresentou ganho de 4,07%, para 10.258,64 pontos, com volume de negócios de 86,628 bilhões de iuanes (US$ 11,222 bilhões).

(Marcel Salim - InvestNews)