Se quiser, Fiocca tem cargo na Fazenda

BRASÍLIA, 19 de abril de 2007 - Um dia depois de o governo federal anunciar a saída do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu que Demian Fiocca, ex-presidente do banco, pode ter cargo no Ministério. Essa possibilidade sempre foi ouvida nos corredores da Fazenda e ganhou forças nas últimas semanas enquanto ocorreu a escolha do novo presidente do BNDES, Luciano Coutinho.

"Se ele (Fiocca) quiser, está convidado", disse Mantega ao deixar a sede do Ministério antes de reunião no Palácio do Planalto. Sem detalhar para qual cargo o ex-presidente do BNDES poderia ser alocado, o ministro disse apenas que sempre foi muito próximo do economista. "Sempre disse que gostaria que ele me acompanhasse desde o Ministério do Planejamento. Ele sempre terá lugar no Ministério da Fazenda", disse.

Mantega não respondeu os rumores de que Fiocca poderia ocupar a secretaria do Tesouro Nacional ou se poderia ser alocado em cargo de assessor especial do Ministério.

(Fernando Nakagawa - InvestNews)