Emprego no setor cresceu 1,35% no 1º bimestre

SÃO PAULO, 19 de abril de 2007 - A construção civil registrou alta de 1,35% no volume de empregos no primeiros bimestre de 2007 em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro e fevereiro, o setor criou 21 mil vagas de trabalho, segundo pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) com base em dados do Ministério do Trabalho.

Em fevereiro, houve a criação 7.421 postos de emprego, o que representa um incremento de 0,47% ante janeiro. O levantamento constatou também que no final de fevereiro havia 1,57 milhão de trabalhadores com registro na carteira de trabalho. Os números apresentados no estudo foram calculados com base na revisão da metodologia da pesquisa em termos de estoque de empregos com carteira na categoria da construção civil, feitos a partir da Rais 2005.

De acordo com o Sinduscon-SP, a região Centro-Oeste do País foi a única que não verificou expansão no volume de novas vagas em fevereiro, apontando queda de 0,15% naquele mês. Já a alta mais expressiva, em termos percentuais, foi constatada na região Norte, que apresentou crescimento de 1,05%, a geração de 744 novos postos de trabalho. Em seguida aparece o Nordeste com alta de 0,79% (2.176 novos postos) e o Sudeste com elevação de 0,52% (4.604 novas vagas).

(Redação - InvestNews)