CNJ nomeia Abdala para apurar sindicância

SÃO PAULO, 19 de abril de 2007 - O conselheiro Vantuil Abdala foi nomeado hoje como o responsável pela sindicância aberta no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para apurar o envolvimento de integrantes do Poder Judiciário nos fatos apurados pela operação da Polícia Federal, batizada de furacão.

O conselheiro, que é ministro do Tribunal Superior do Trabalho, foi designado pela presidente do Conselho, ministra Ellen Gracie, para substituir, à frente da investigação, o corregedor nacional de Justiça, Antônio de Pádua Ribeiro, que é ministro do Superior Tribunal de Justiça.

A abertura da sindicância foi determinada pelo corregedor na última sexta-feira quando teve inicio a série de prisões. No mesmo ato, Pádua Ribeiro determinou envio de ofício ao ministro do Supremo Tribunal Federal Cezar Peluso, que preside o inquérito, solicitando a remessa de autos que pudessem ser compartilhados com o CNJ, visando identificar os magistrados envolvidos e os fatos já apurados.

(Wallace Nunes - InvestNews)