American Express tem aumento de 21% em lucro do primeiro trimestre

Agência EFE

NOVA YORK - A American Express anunciou hoje que teve um aumento de 21% no seu lucro líquido do primeiro trimestre, com o qual supera pela primeira vez o recorde de US$ 1 bilhão. O lucro líquido da empresa totalizou US$ 1,06 bilhão, em comparação aos US$ 873 milhões do mesmo trimestre de 2006, enquanto o lucro por ação foi de US$ 0,87, em relação aos US$ 0,69 obtidos há um ano.

Os resultados são superiores às previsões dos analistas, que previam um lucro de US$ 0,79 por ação.

As receitas da empresa também aumentaram 10%, alcançando US$ 6,67 bilhões.

- O aumento da receita combinado com controles mais estritos nas despesas permitiram estes resultados para o trimestre - declarou Kenneth Chenault, presidente da American Express.

Os clientes aumentaram o uso dos cartões e gastaram US$ 146,2 bilhões em todo o mundo, com uma média de despesa de US$ 2.817, o que representa um aumento de 8% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Neste período, o número de cartões emitidos chegou a 79 milhões.

Após o anúncio dos resultados, as ações da American Express subiram hoje 0,87% na Bolsa de Valores de Nova York, e fecharam com uma cotação de US$ 58,95 por título.