Pedro Fiuza é o novo presidente da instituição

BRASÍLIA, 18 de abril de 2007 - Pedro Cunha Fiuza tomou posse, na noite de ontem, da presidência da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em substituição a Doreni Caramori Júnior. Nos últimos anos, a Conaje passou a ter representações em todos os Estados da federação e no Distrito Federal. Agora, a entidade tenta conquistar um papel de destaque no cenário nacional.

Segundo Fiuza, quinto presidente da Conaje, a novidade da sua gestão será a criação de comitês temáticos de Educação, Inovação e Tecnologia, Responsabilidade Sócio-ambiental, Crédito e Fomento, Políticas Públicas, Relações Institucionais e Capacitação. As comissões serão responsáveis por realizar estudos técnicos que subsidiarão as propostas defendidas pela entidade.

O novo presidente da Conaje pretende elevar o relacionamento entre a entidade e o Congresso, a fim de discutir propostas para melhorar o ambiente de negócios no país. Como outras entidades empresariais, a Conaje luta por uma reforma tributária, a ampliação do acesso ao crédito e a criação de marcos regulatórios mais claros. Quer também promover missões empresariais ao exterior.

Além disso, Fiuza concentrará sua atuação na capacitação dos jovens empreendedores. "Sempre fomos treinados na escola e na faculdade para pedir emprego. Há que se incentivar o empreendedorismo para o País ter um maior desenvolvimento", disse o novo presidente da Conaje. "Segui meu pai, que montou aos 22 anos sua empresa no setor de engenharia. Desde cedo nunca pensei em ser empregado."

Cearense de 27 anos de idade, Fiuza é graduado em administração de empresas pela Universidade de Fortaleza. Abriu seu próprio negócio há seis anos. Nesse período, comemora o empresário sem revelar valores, a BLP Construtora multiplicou por 10 o faturamento. Desde 2003, o empresário participa da Conaje, instituição criada em 1999 e que hoje tem cerca de 15 mil associados.

(Fernando Exman - InvestNews)