Jornal do Brasil

Economia - Balcão de Emprego

Mais de 5.700 vagas serão ofertadas em mutirão de emprego em São Paulo nesta terça

Jornal do Brasil

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo realiza, nesta terça-feira (17), das 8h às 17h, a quarta edição do Mutirão do Emprego. Ao todo, serão oferecidas 5.726 vagas em empresas de diversos segmentos.

O evento ocorrerá na sede do sindicato, na rua Formosa, 99, ao lado do metrô Anhangabaú, na região central da capital paulista.

Segundo os organizadores, serão distribuídas senhas. Os trabalhadores interessados devem levar documentos pessoais como CPF e RG, além do currículo. Também é indicado estar com a carteira de trabalho.

Os postos serão oferecidos por 44 empresas, entre elas redes como Magazine Luiza, Pão de Açúcar, Carrefour, Marisa, Riachuelo, além da Pirelli.

Os interessados poderão concorrer a oportunidades de cozinheiro, açougueiro, jardineiro, copeiro, vendedor, operador de loja, conferente, caixa, repositor, ajudante geral, padeiro e confeiteiro, entre outras.

A novidade desta edição, segundo o sindicato, é a qualificação digital que será realizada com 800 trabalhadores. O curso será dado por técnicos do Magazine Luiza. Os aprovados poderão concorrer a vagas na própria rede de lojas ou em outras empresas do feirão.

VAGAS

A empresa de tecnologia digital iZettle, que vende maquininhas de cartões, está oferecendo 1.000 vagas para representante comercial. Já Grupo GPS, empresa de segurança e logística, tem 600 vagas para cargos como o de encarregado e auxiliar de limpeza.

A Atento Brasil, que faz terceirização de processos e telemarketing, está com 500 posições abertas para operador de atendimento.

O Grupo Pão de Açúcar oferece 400 vagas para operador de loja, auxiliar de padaria, de açougue, vendedor de eletro e aprendiz de atendimento de cartão.

Já a Liderança Cobranças Inteligentes, focada em cobranças, tem 200 vagas para operador de cobrança júnior e 200 para operador de loja.

EDIÇÕES ANTERIORES

A última edição do mutirão do emprego, em março deste ano, teve público recorde. Ao todo, cerca de 15 mil desempregados formaram uma fila gigantesca no vale do Anhangabaú, em busca de uma das 6.000 vagas disponíveis no evento.

O número foi quase três vezes maior do que o do segundo feirão, em agosto de 2018, quando 5.500 candidatos buscavam um das 4.000 chances oferecidas. (Laísa Dall'Agnol/FolhaPress SNG)