Bolsonaro afirma ter confiança absoluta em Guedes e garante que não fará 'aventura' na economia

Presidente da República visitou Ministério da Economia nesta sexta-feira (22), após saída de secretários da pasta e proposta de furar teto de gastos para injetar mais recursos no Auxílio Brasil

Foto: Reuters / Ueslei Marcelino
Credit...Foto: Reuters / Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (22) que tem "confiança absoluta" no ministro da Economia, Paulo Guedes, e acrescentou que seu governo não fará "nenhuma aventura" na economia. O ministro estava pressionado pela decisão do governo de aceitar mudar o teto de gastos para pagar o Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família.

"Eu tenho confiança absoluta nele [Guedes]. Ele entende as aflições que o governo passa", afirmou.

A declaração foi dada após uma visita presidencial ao Ministério da Economia. Na quinta-feira (21), quatro secretários de Guedes pedirem demissão, alegando motivos pessoais.

"Esse valor defendido por nós tem responsabilidade. Não faremos nenhuma aventura, não queremos colocar em risco nada no tocante à economia", disse Bolsonaro sobre os R$ 400 que devem ser pagos no Auxílio Brasil em 2022.

Guedes disse que a decisão do valor do auxílio foi tomada após pressão da ala política enquanto ele estava nos EUA, participando de reunião do Fundo Monetário Internacional (FMI). (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais