Preço sobe após notícia de ataque a petroleiros iranianos

Os contratos futuros do petróleo Brent subiram até 60,65 dólares o barril nesta sexta-feira, depois que a mídia iraniana disse que um petroleiro estatal foi atacado no Mar Vermelho, perto da Arábia Saudita, mas as previsões de baixa da demanda logo afastaram a commodity das máximas da sessão.

O petróleo Brent subia 0,73 dólar, ou 1,24%, a 59,83 dólares por barril, às 11:44 (horário de Brasília).

O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,38 dólar, ou 0,71%, a 53,93 dólares por barril.

O petroleiro iraniano Suezmax foi atingido no Mar Vermelho, na costa da Arábia Saudita, nesta sexta-feira, informou a mídia iraniana, com vários relatos divergindo sobre o nível de dano causado.

A Companhia Nacional Iraniana de Navios-tanque (NITC) disse que a embarcação está danificada, mas estável, e negou reportagens segundo as quais foi incendiada.

Ambos os índices de referência do petróleo registraram no pregão seu maior aumento diário desde 16 de setembro, o primeiro dia de negociação após ataques às instalações sauditas terem afetado mais da metade da produção de petróleo do reino e temporariamente aumentado os preços da commodity em cerca de 20%.