Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA têm leve alta

O número de norte-americanos que pediram auxílio-desemprego subiu moderadamente na semana passada, sugerindo pouco impacto das tensões comerciais --que corroeram a confiança dos negócios e minaram a manufatura-- sobre o mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego tiveram um aumento de 1.000 nos Estados Unidos, para 217.000 em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 31 de agosto, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Os dados da semana anterior foram revisados para mostrar 1.000 solicitações a mais recebidas do que o relatado anteriormente.

(Por Lucia Mutikani)