Jornal do Brasil

Economia

Ibovespa futuro avança após Câmara aprovar texto principal da Previdência

Jornal do Brasil

SÃO PAULO, 11 Jul (Reuters) - O contrato futuro do Ibovespa mais curto avançava nos primeiros negócios desta quinta-feira, após a Câmara dos Deputados aprovar na quarta-feira, com placar folgado, o texto principal da reforma da Previdência em primeiro turno.

Às 9:16, o Ibovespa com vencimento em agosto subia 0,67%, a 106.940 pontos.

Embora ainda tenha um longo percurso a percorrer, agradou o fato de o texto ser aprovado por 379 votos a 131 - placar bem superior aos três quintos exigidos para a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

"O Congresso brasileiro está pronto para finalmente aprovar uma substancial reforma previdenciária que economizará algo em torno de 900 bilhões de reais em dez anos", escreveram os economistas Tony Volpon e Fabio Ramos, do UBS, em relatório.

"Esta é a primeira grande legislação que altera o nível estrutural de gastos desde que o Brasil começou a registrar déficits fiscais primários em 2014."

Estrategistas do Bradesco BBI elevaram o preço-alvo do Ibovespa para o final de 2019 de 116 mil para 122 mil pontos após a votação, destacando que se trata de "um passo crucial em direção a uma forte âncora fiscal no Brasil". (Por Paula Arend Laier, edição Alberto Alerigi Jr.)