Guedes critica parecer da Previdência, diz que nova reforma será necessária

O ministro da Economia, Paulo Guedes, demonstrou nesta sexta-feira irritação com o parecer apresentado na véspera pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP) e disse que os deputados "abortaram" a reforma da Previdência se o projeto autorizado pelo relatório for o aprovado.

Macaque in the trees
Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Segundo o ministro, se a estimativa de economia com a reforma da Previdência ficar em 860 bilhões de reais ao longo de dez anos será necessária outra reforma daqui a cinco ou seis anos.

(Por Rodrigo Viga Gaier)