Netshoes opta por venda à Magazine Luiza; ações caem mais de 10%

O conselho da Netshoes escolheu a oferta de venda para a Magazine Luiza em detrimento da Centauro (Grupo SBF). A aquisição, já aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), depende apenas da aprovação de acionistas, convocados na segunda-feira (3) para assembleia extraordinária em 14 de junho.

A Magazine Luiza ofertou US$ 3 por ação da Netshoes, um total de US$ 93 milhões.

Na semana passada, a Centauro (Grupo SBF) elevou a oferta pela Netshoes para US$ 3,50 por ação, total de US$ 109 milhões. Mas, de acordo com o comunicado da Netshoes, a nova oferta veio tarde demais.

Segundo a companhia, levar adiante a proposta da Centauro alongaria o processo de venda, sem garantia de liquidez neste período.

"O conselho de administração determinou que o preço incremental diferencial oferecido pela Centauro foi insuficiente para compensar riscos relacionados a um cronograma mais longo para o fechamento", afirma a Netshoes em comunicado.

Por já estar aprovada pelo Cade, a venda para a Magazine Luiza pode ser concluída em cinco dias úteis após a assembleia extraordinária, marcada para 14 de junho.

A escolha, no entanto, não agradou investidores. As ações da companhia caíram 12,77% nesta terça (4) na Bolsa de Nova York, a US$ 3,21. Na Bolsa brasileira, as ações da Magazine Luiza recuaram 0,11%, a R$ 194,52.