Preço nos EUA sobe com enchentes impactando distribuição; Brent fecha estável

Os contratos futuros do petróleo nos Estados Unidos avançaram quase 1% nesta terça-feira, após enchentes no Meio-Oeste do país restringirem o fluxo de petróleo a partir do principal centro de distribuição norte-americano, em Cushing, Oklahoma.

Os futuros do petróleo WTI fecharam a 59,14 dólares por barril, alta de 0,51 dólar, ou 0,9%, em relação ao final da sessão de sexta-feira, antes do fim de semana prolongado pelo feriado de Memorial Day.

"As enchentes parecem ter impactado os centros de distribuição ao redor dos EUA, desacelerando as entregas em Cushing e criando uma demanda por WTI", disse Phillip Streible, estrategista sênior de mercado do RJO Futures em Chicago.

Áreas alagadas em Arkansas e Oklahoma deverão receber mais chuvas, que aumentarão ainda mais o nível do já cheio rio Arkansas, segundo meteorologistas. A medição pluviométrica já aponta 48 centímetros de chuva em partes de Oklahoma no mês de maio.

Enquanto isso, os futuros do petróleo Brent fecharam estáveis, a 70,11 dólares/barril, após variarem repetidamente acima e abaixo da marca de 70 dólares.

Os preços se mantiveram entre temores de um crescimento econômico mais lento e expectativas de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados estendam seu acordo de seis meses para cortes de produção.