Eurozona aprova empréstimo de quase 1 bilhão de euros à Grécia

Os ministros das Finanças da zona do euro concordaram, nesta sexta-feira, com um empréstimo de quase um bilhão de euros à Grécia, depois que Atenas implementou todas as reformas prometidas como parte de seu programa de resgate finalizado em agosto.

O Eurogrupo, que reúne os responsáveis das Finanças da Eurozona, haviam adiado há um mês este empréstimo, à espera da aprovação pela Grécia de uma extensão da proteção das residências para as famílias insolventes, um procedimento que foi completado em 29 de março.

"A Grécia fez o que era necessário para honrar seus compromissos, e essa decisão é um novo sinal muito forte para os mercados", disse o comissário europeu para os Assuntos Financeiros, Pierre Moscovici, após a reunião dos 19 ministros da zona do euro em Bucareste.

A Grécia encerrou, em agosto, quase uma década de programas de resgate acordados em troca de duras reformas, mas seus credores mantêm uma vigilância reforçada, uma vez que o volume de sua dívida pública, a maior da zona do euro, chega a cerca de 180% do PIB.

 

bur-tjc/pb/mr