Bolsas de NY fecham sem sinal único, com Nasdaq em alta

Os mercados acionários americanos encerraram o pregão desta terça-feira, 2, sem direção única. Os investidores voltaram a apostar no desempenho de empresas de tecnologia e favoreceram esses papéis, embora novos temores com a economia dos Estados Unidos tenham impedido uma alta mais robusta dos principais indicadores de ações.

Na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse), o índice Dow Jones caiu 0,30%, para 26.179,13 pontos, e o S&P 500 fechou a sessão estável, com 2.867,24 pontos. Já o índice eletrônico Nasdaq subiu 0,25%, para 7.848,69 pontos.

Do lado negativo, a ação da Walgreens teve baixa de 12,81%. A cadeia de farmácias informou que enfrentou seu trimestre mais difícil desde 2014, além de advertir que enfrenta condições econômicas mais desafiadoras que devem pesar sobre seus resultados ao longo deste ano. Investidores temeram ainda que a notícia seja um prenúncio de uma sessão de balanços negativa. Gerente de portfólio sênior da Globalt Investments, Tom Martin afirma que há dúvidas sobre se os cortes nas previsões dos resultados trimestrais foram suficientes ou se poderão surgir números ainda piores na próxima sessão de balanços.

Por outro lado, o setor de tecnologia se saiu bem. Facebook teve alta de 3,26%, após a rede social informar que retirou do ar centenas de contas falsas antes de eleições na Índia. Apple, por sua vez, subiu 1,45%, o que ajudou o Nasdaq a fechar em território positivo. (Com informações da Dow Jones Newswires)