Se preciso, EUA tomará ações 'imediatas e apropriadas' sobre a Boeing

Funcionários de segurança aeronáutica dos Estados Unidos informaram nesta segunda-feira (11) que vão tomar ações imediatas se identificarem problemas de segurança nos aviões Boeing 737 MAX 8, depois que duas aeronaves deste modelo caíram nos últimos cinco meses.

A Administração Federal de Aviação (FAA) "continuamente avalia e supervisiona o desempenho em segurança das aeronaves comerciais americanas", disse o organismo em um comunicado.

Macaque in the trees
Boeing (Foto: STEPHEN BRASHEAR / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

"Se identificamos algum aspecto que afete a segurança, a FAA tomará ações imediatas e apropriadas", acrescentou.