Indonésia e Austrália fecham acordo

A Indonésia e a Austrália assinaram ontem um acordo comercial muito esperado, que atrasou devido ao polêmico plano de Camberra de trasladar sua embaixada em Israel de Tel Aviv a Jerusalém. Em virtude do acordo bilionário, o gado australiano terá um maior acesso ao mercado da Indonésia, país com 260 milhões de habitantes. O comércio bilateral em 2017 foi de US$ 11,7 bilhões.

As universidades, os profissionais médicos e os empregados da mineração australianos poderão entrar com mais facilidade na Indonésia, a maior economia do sudeste asiático. Por outro lado, as indústrias automotiva e têxtil da Indonésia, assim como as exportações de madeira, produtos eletrônicos e médicos, terão um acesso mais fácil ao mercado australiano.

O ministro do Comércio indonésio, Enggartiasto Lukita, e seu homólogo australiano, Simon Birmingham, assinaram o texto em Jacarta em uma cerimônia ontem de manhã.

O acordo, que estava em negociação desde 2010, tinha que ser assinado originalmente antes do fim de 2018, mas foi sendo adiado após o projeto de traslado da embaixada australiana a Jerusalém, que continua sem ser concretizado.