RODOVIAS PAVIMENTADAS

Quando colocamos o carro nas estradas somos obrigados a pagar diversos impostos e não temos segurança nenhuma. Pagamos pedágios e somos vítimas dessa indústria das multas de trânsito. O mais escandaloso é instalarem pardais e lombadas em vias pedagiadas que são uma concessão do estado. Como comparar essas crateras brasileiras com as estradas das principais cidades do mundo? O que diminui os acidentes são estradas bem construídas, pavimentadas, com asfalto de boa qualidade e bem sinalizadas.

Fernando Thadeu

Rio de Janeiro

PAGAMENTO DOS TRANSPORTES

Resolução da Setrans possibilita a adoção de outras formas de pagamento de passagens para os usuários do metrô, trem, barcas, ônibus e vans intermunicipais.

A SuperVia já disponibilizava catracas para pagamento em cartões de débito e crédito sem contato (contactless) em algumas estações.

Qualquer medida que evite a circulação de dinheiro e agilize o embarque de passageiros nos meios de transporte é válida.

Gilean Teixeira

Rio de Janeiro

EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

Essa história de cantar o Hino Nacional nas escolas e recitar o slogan da campanha do presidente não faz sentido. O ministro Vélez Rodríguez deve apresentar as metas para a Educação. Os brasileiros não vão amar mais o seu país por conta de sugestões desse tipo. Os pais, em especial, estão interessados numa educação de qualidade para seus filhos e em melhores condições de vida. Pode ser bonito orgulhar-se do país onde nasceu, desde que os brasileiros encontrem os reais motivos para expressar esse sentimento de patriotismo.

João Guilherme Veiga

Rio de Janeiro

SEGURANÇA PÚBLICA

Uma operação do Ministério Público e da Corregedoria da Polícia Civil prendeu o policial Flávio Pacca Castello Branco. Ele é consultor de segurança do governador Wilson Witzel, mas está preso, acusado de extorção. Instrutor de tiro e exímio atirador, o staff da segurnaça pública viu nele um colaborador ideal para a sua "política do abate" Mas na hora de mirar os bandidos portando fuzis, ele foi preso pela polícia.

José Antônio Souza Meira

Rio de Janeiro

EXPECTATIVAS

O vai e vem de decisões desse início do atual governo é a marca mais importante dos novos donos do Poder. Por mais apaixonados que possam ser os defensores de Bolsonaro, começa surgir uma certa descrença justamente entre os seus eleitores. Todos aguardam as primeiras medidas para a solução de nossos problemas. Discursos oficiais não enchem barriga, promessas não resolvem as questões. O país precisa de ações concretas nas áreas de saúde, educação e infraestrutura.

José de Anchieta Nobre de Almeida

Rio de Janeiro

NOVO GOVERNO

Não pense Bolsonaro que terá vida mansa com a imprensa porque recebeu um grupo de jornalistas para conversar no Palácio da Alvorada. O clima cordial acabou nas despedidas do encontro. Foi um avanço a ausência dos três filhos de Bolsonaro. O pai garante que o trio não manda no governo. Tem gente que acredita. Jornalistas vivem de notícias. Conversa mole não enche as páginas dos jornais. A lua de mel com os brasileiros tem prazo de validade. O tempo urge. O governo precisa deslanchar.

Vicente Limongi Netto

Brasília-DF

HISTÓRIA

É triste termos de revirar os porões da ditadura militar para contarmos a verdade a este grupo que tem o poder nas mãos hoje. Não se pode permitir que a história se repita. Há que reagir com energia para varrer os ditadores em todas as épocas. Eles querem reescrever a história, mas não conseguirão.

Stella Pellegrini

Rio de Janeiro


JB NO FACEBOOK

Lula recebe autorização para ir ao sepultamento do neto

É um momento trágico para Lula e seus familiares. Ficaria muito arrasada se não pudesse ir ao enterro de um dos meus netos. Que Deus ajude ao Lula enfrentar essa fase tão difícil.

Marize Araujo

n

Tem pessoas muito cruéis! Nesta hora ainda conseguem fazer piadas infames com o sofrimento alheio. Vivemos num mundo de intolerâncias políticas e religiosas. Sou Lula, mas nem por isso desejei a morte de Bolsonaro. A vida é um bumerangue!

Sonia Pereira da Rocha