Ministra negocia com Peru venda de carne

São Paulo - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse ontem que está negociando com o governo do Peru a abertura daquele mercado para a carne brasileira, principalmente a produzida no Norte do país. Ela esteve ontem no Acre para acompanhar a primeira colheita de soja do estado. "Nós já estamos bem encaminhados; vamos ter uma missão, em breve, para o Peru para abrir o mercado de carnes", disse em nota.

Segundo a ministra, não faz sentido o Peru comprar carne de países distantes, como Austrália e Estados Unidos, e fechar seu mercado para "a produção de excelente qualidade do Brasil". Tereza Cristina convidou o governador do Acre, Gladson Cameli, a ir com ela ao Peru. "A gente sabe que vocês (do Acre) têm um potencial enorme na pecuária."

Tereza Cristina disse esperar que o Acre aumente sua produção de soja - neste ciclo a área semeada foi de 500 hectares. "Se Deus quiser, ano que vem eu venho aqui e já vai ter mil, 2 mil hectares. E isso sem comprometer o meio ambiente, fazendo isso com sustentabilidade. Nós temos como fazer, nós temos tecnologia hoje para isso."

A ministra prometeu que tentará facilitar o transporte de cargas do Acre até a Bolívia. "É uma insensatez que os caminhões tenham de andar 3 mil quilômetros para levar carne a um país tão próximo. Isso tira toda a margem (de lucro) do empresário que está produzindo aqui", disse.