Cadastro positivo é aprovado na Câmara

Brasília - A Câmara dos Deputados aprovou quarta-feira à noite, a votação dos destaques ao projeto de lei que cria o novo cadastro positivo de crédito. O texto será submetido ao Senado. O projeto torna compulsória a inclusão no cadastro positivo de todas as pessoas físicas e jurídicas, com a criação de banco de dados sobre informações dos pagamentos em dia e de empréstimos quitados. Na teoria, pode reduzir os juros ao bom pagador.

Hoje, o cadastro arrola só consumidores que pedem a inclusão no banco de dados, o que o torna irrelevante na análise de crédito. Com o texto aprovado na Câmara, a inclusão será automática. Se o consumidor quiser sair, terá de solicitar a exclusão.

Os dados serão geridos por empresas de crédito que devem definir nota para cada tipo de consumidor e classificá-los como bons ou maus pagadores.