Reservas da China sobem a US$ 3,088 trilhões em janeiro

As reservas internacionais da China avançaram pelo terceiro mês consecutivo em janeiro, favorecidas pela desvalorização do dólar no período, de acordo com dados publicados ontem pelo Banco do Povo da China (PBoC, o Banco Central chinês). O volume de reservas mostrou acréscimo de US$ 15,21 bilhões em janeiro em relação ao mês anterior, aumentando para US$ 3,088 trilhões. Em dezembro, segundo o PBoC, houve avanço de US$ 11 bilhões nas reservas.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais