Trabalho intermitente termina dezembro com criação de 5.887 postos, mostra Caged

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) indicam que o último mês de 2018 terminou com a criação líquida de 5.887 empregos com contrato intermitente e o fechamento de outras 2.266 vagas pelo sistema de jornada parcial. As duas novas modalidades foram criadas pela Reforma Trabalhista.

Macaque in the trees
Carteira de trabalho (Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas)

De acordo com os dados do Ministério do Economia, o emprego intermitente registrou criação total de 8.968 postos ao mesmo tempo em que houve fechamento de 3.081 vagas.

Por setor, o comércio liderou no mês e registrou saldo positivo de 2.742 empregos intermitentes. Em seguida, aparecem serviços (1.556 empregos), construção civil (859 empregos) e a indústria da transformação (598 empregos).

O Caged informou ainda que houve 14.153 desligamentos por acordo no mês de dezembro.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais