Jornal do Brasil

Economia

Setor de serviços acumula 41 taxas negativas em 12 meses, mostra IBGE

Jornal do Brasil

O setor de serviços acumula 41 taxas negativas no indicador de 12 meses, segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em outubro, a queda foi de 0,2%, a mesma de junho de 2015, quando foi iniciada essa trajetória de queda.

Em outubro, o setor de serviços "manteve o comportamento moderado que já vinha sendo observado em setembro", afirmou Rodrigo Lobo, gerente da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

"O setor ainda opera no campo negativo. O destaque em termos de atividade ainda permanece no segmento de serviços de profissionais administrativos e complementares", afirmou Lobo.

Em 12 meses, os serviços administrativos e complementares registraram queda de 2,5% e os técnico-profissionais caíram 1,4%.