Jornal do Brasil

Economia

Opep e Rússia elevam produção de petróleo em outubro, compensando queda no Irã

Jornal do Brasil

A produção de petróleo bruto da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e da Rússia continuou a subir em outubro, mais do que compensando as perdas registradas no Irã, que voltou a ficar sujeita a sanções dos Estados Unido, segundo relatório mensal divulgado hoje pelo cartel.

No documento, a Opep informou que sua produção teve aumento de 127 mil barris por dia (bpd) em outubro, a 32,9 milhões de bpd. Os ganhos vieram principalmente dos Emirados Árabes Unidos e da Arábia Saudita.

Já a Rússia, que não faz parte da Opep, ampliou sua produção em 50 mil bpd no mês passado, a 11,6 milhões de bpd, estabelecendo um novo recorde no período pós-soviético.

Por outro lado, a produção no Irã, terceiro maior integrante da Opep, registrou queda de 156 mil bpd em outubro, a 3,296 milhões de bpd, mostrou o relatório.

A produção iraniana vem em trajetória de queda desde maio, quando os EUA decidiram se retirar do acordo internacional que havia aliviado sanções contra o Irã em troca de restrições ao programa nuclear de Teerã. Recentemente, os EUA restabeleceram sanções ao regime iraniano.

Ainda no relatório, a Opep estimou que a oferta global de petróleo se expandiu em 440 mil bpd em outubro, a 99,76 milhões de bpd.

A Opep também reduziu suas projeções para o aumento da demanda global por petróleo neste e no próximo ano, em 40 mil bpd e 70 mil bpd, respectivamente. As revisões se devem ao crescimento menor do que o esperado da demanda na Ásia e no Oriente Médio no terceiro trimestre e à perspectiva incerta da economia global, afirma o relatório. Fonte: Dow Jones Newswires.