Jornal do Brasil

Economia

Iata: demanda global por transporte aéreo de carga cresce 2% em setembro

Jornal do Brasil

A demanda global no mercado de carga aérea (medida em quilômetros por toneladas de carga, ou FTKs) aumentou 2,0% em setembro em relação a igual mês de 2017, informou a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês). O ritmo de expansão permaneceu praticamente o mesmo que o registrado em agosto, mas continuou bem abaixo do crescimento de 5,1% na média de cinco anos.

Já a oferta mundial no segmento (apurada em toneladas-quilômetro disponíveis, ou AFTK, na sigla em inglês) subiu 3,2% no comparativo anual.

A entidade destaca que este é o sétimo mês consecutivo em que a demanda cresce acima da capacidade, mas pondera que os yields têm resistido a esse comportamento.

Entre os fatores que sustentam a tendência de crescimento, a Iata destaca a forte confiança dos consumidores, o robusto ambiente global para investimentos e a expansão do e-commerce internacional. Por outro lado, a indústria de carga aérea tem sofrido com o enfraquecimento das encomendas recebidas pelas fábricas para exportações e com a prática de prazos mais longos nas entregas.

Na Ásia-Pacífico, principal região do mundo em transporte aéreo de carga, o tráfego avançou 1,2% ante setembro de 2017. "Condições menos favoráveis a exportadoras, particularmente no Japão, China e Coreia, impactaram a demanda, assim como as interrupções nas operações devido a tufões", explica a Iata.

 



Recomendadas para você