Jornal do Brasil

Economia

Petróleo cai com prosseguimento de turbulência em mercados de ações globais

Jornal do Brasil

As cotações de petróleo têm sido atingidas por mercados de ações globais turbulentos em semanas recentes. Os papéis de empresas aparentaram se estabilizar na manhã desta terça-feira, na sequência de mais uma sessão "montanha-russa" em Wall Street ontem, desencadeada por uma nova derrocada de ações de tecnologia.

Às 9h35 (de Brasília), o barril do petróleo Brent para dezembro tinha baixa de 1,53%, a US$ 76,16, na Intercontinental Exchange (ICE), enquanto o WTI para igual mês recuava 1,04%, a US$ 66,36 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex).

No curto prazo, "mercados de ações continuarão tendo uma grande influência sobre preços de petróleo, assim como tiveram ontem", avalia Tamas Varga, analista da PVM Oil Associates.

Para analistas da JBC Energy, ações e commodities como o petróleo ficaram sob pressão como resultado de sinais de um crescimento econômico fraquejante. "A queda do preço do óleo bruto provavelmente foi impulsionada pelo sentimento negativo de mercado mais amplo em meio a especulações sobre tarifas adicionais dos Estados Unidos sobre importações chinesas", eles escrevem em nota a clientes.

A fase turbulenta por adentrar a semana que vem, quando serão reinstauradas as sanções econômicas de Washington contra a indústria petrolífera do Irã.

Mais tarde, às 17h30, o Instituto de Petróleo Americano (API, na sigla em inglês) divulga a sua estimativa semanal para a variação dos estoques da commodity nos EUA. (Dow Jones Newswires)

 



Recomendadas para você