Jornal do Brasil

Economia

Lucro líquido da AB InBev cai 37% no terceiro trimestre

Jornal do Brasil

O grupo de capital belga e brasileiro AB InBev, o maior fabricante de cervejas do mundo, anunciou nesta quinta-feira uma queda de 37% do lucro líquido no terceiro trimestre de 2018 e informou que seu dividendo será a metade em comparação ao ano passado.

Entre julho e setembro, a empresa registrou um lucro líquido de 1,614 bilhão de dólares, contra US$ 2,582 bilhões no mesmo período de 2017.

Para acelerar o desendividamento após a colossal aquisição da concorrente SAB Miller em 2016, o grupo aprovou um pagamento antecipado de 0,80 euro por ação para o ano fiscal de 2018, metade do realizado ano passado.

"Estamos revisando nossa estratégia de dividendos para acelerar o desendividamento e retornar a uma ótima estrutura de capital", afirmou a empresa em um comunicado.

No terceiro trimestre, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da AB InBev, que serve de referência para as previsões internas, alcançou 5,36 bilhões de dólares, uma queda de 6,5%.

O volume também diminuiu (-9.23%), a 146,1 milhões de hectolitros, contra 161 milhões no terceiro trimestre do ano passado.

Mas a empresa destacou que as três marcas globais do grupo, Budweiser, Stella Artois e Corona, continuaram em alta durante o trimestre, com avanço de 7,7% a nível mundial.

pid/tq/tho/pb/fp



Recomendadas para você