Jornal do Brasil

Economia

Itália diz a UE que "não existe margem" para modificar orçamento

Jornal do Brasil

O presidente do Conselho italiano, Giuseppe Conte, advertiu nesta quarta-feira à Comissão Europeia que não existe margem para mudar seu excessivo déficit orçamentário para 2019, apresentado na segunda-feira para ser avaliado por Bruxelas.

"Margens, eu diria que não existe nenhuma", afirmou Conte à sua chegada a uma cúpula europeia nesta quarta-feira em Bruxelas, e reconheceu que espera receber "observações críticas" da Comissão.

"Vamos responder", disse. "Confio em um diálogo construtivo", acrescentou.

As autoridades europeias já se mostraram críticas aos números italianos: o déficit público alcançará no ano que vem 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB), um percentual muito mais alto do que o 0,8% prometido pelo governo anterior italiano.

 

cds-zap/fmi/fjb/age/mb/cc/ll



Recomendadas para você