Após dois dias de queda, peso argentino estabiliza na abertura do mercado

A moeda argentina deteve sua queda e mostrou sinais de recuperação nesta sexta-feira com uma valorização de 0,68% na abertura do mercado, a um câmbio de 39,60 pesos por dólar, depois de acumular em dois dias quase 20% de desvalorização.

O mercado reagiu após uma quinta-feira negra, em que o Banco Central argentina elevou a taxa de juros de 45% a 60%, uma das mais altas do mundo.

Além disso, aumentou as exigências de reservas dos bancos para conter a queda do peso, enquanto novas medidas fiscais são esperadas para a próxima semana.

ls/cd/cn