Rio registra segunda maior inflação da cesta básica no país

-->Capital fluminense per deu apenas para Salvador . Soja, car ne e pão francês puxaram aumento-->O v alor médio da cesta básica subiu em setembr o 3,6%, segun- do estudo r ealizado pelo Depar- tamento Inter sindical de Estatís- tica e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O R io de J aneir o te v e o segundo maior aumento em r e - lação às outr as capitais do país. A cidade r egistr ou ele v ação de 3,62% e ficou atrás de Salv ador , onde a inflação f oi de 3,67%. A pesquisa r e v elou que 14 das 17 capitais br asileir as r egistr ar am aumento nos alimentos que com- põem a cesta básica. Entr e os pr odutos que puxar am o aumento está o óleo de soja, com pr eço corrigido em 16 das 17 ca - pitais. De acor do com a análise téc - nica do Dieese, o que ele v ou o pr eço desse item f oi a demanda em alta no mer cado internacional e a baixa oferta interna de matéria-prima. A carne e o pão fr ancês ficar am mais car os em 15 capitais. No caso da carne, a r azão f oi a longa es - tiagem que afetou os pastos, f a - z endo com que os pr odutor es r e - duzissem a oferta de animais par a a bate. Já a alta do pão f oi moti v ada pela r edução na oferta interna de trigo , com a necessidade de im - portação do g rão . O tr a balhador com r enda equi- v alente a um salário mínimo te v e de compr ometer 45% do v alor pa- r a ar car com o custo da cesta, ante 44,29%, em agosto . P ar a adquirir os itens, ele te v e de ampliar em quase duas hor as a jornada de tr a balho , em compar ação com o mês anterior , passando de 89 ho- r as e 38 min utos par a 91 hor as e quatr o min utos. Houv e queda em Natal (-1,28%), J oão P essoa (-1,13%) e Ar acaju (-0,80%). Nessas capi- tais, o v alor da cesta c hegou a R$ 193,08, R$ 181,23 e R$ 173,56, r especti v amente. A capital ser- gipana apr esentou o menor v alor entr e as pesquisadas. A cesta mais car a do país con - tin ua sendo a de P orto Aleg r e, onde o v alor subiu 1,17% e c he - gou a R$ 243,73. Em São P aulo , a corr eção f oi de 2,30%. P ar a compr ar os pr odutos que com - põem a cesta, os consumidor es da capital paulista ti v er am de pagar em média R$ 241,08. Na sequência da lista de ca - pitais com as maior es ele v ações estão: Curitiba, com alta de 2,11% e custo de R$ 219,28, Re - cife, com aumento de 2,11% e v alor de R$ 192,20 e Belo Ho - riz onte, com ele v ação de 1,80% e v alor de R$ 217,66. Em Ma - naus, a cesta subiu 1,10%, e o v alor está entr e os mais altos, v alendo R$ 228,76.-->Com a Agência Brasil