Ligação direta Rio-Nova York

Editorial

Ao unificar o seu teleatendimento, a prefeitura carioca assume o desafio de melhorar

ANTEONTEM, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, teve um en- controcom seucolegano- va-iorquino, Michael Bloom- berg. Incumbidos pelas popu- lações das duas metrópoles de administraremsuas dorese seus prazeres, ambos certa- mentetêm muitoa trocarem informações e experiências. Paes queria saber mais sobre o sistematelefônico deouvi- doria da prefeitura de Nova York. Por um único número, os cidadãos podem reclamar de qualquer um dos serviços pres- tados pelaequipe deMichael Bloomberg. O prefeito do Rio, há tempos, quer introduzir sistema seme- lhante no Rio, onde a profusão de telefones deixao contri- buinte atordoado nahora de reclamar. Já de cabeça quente, o carioca ainda precisa desco- brir quais os números certos para pediruma trocade lâm-

cipal no número 746, o que cor- responde às teclas das letras R, I e O nos aparelhos telefônicos, não por acaso o nome da cidade em questão.Por umadetermi- nação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), porém, o prefeito terá que in- cluironumeral 1,surgindoas- sim o1746, que, apartir de padana rua,apavimentação de um buraco, ou a presença de umaequipedo choquedeor- dem. Quando completou cem dias de governo, em março de 2009, Paes revelou em primeira mão ao

Jornaldo Brasil

,em entre- vista exclusiva, que unificaria todo o teleatendimento muni- 2011, será o telefone oficial de toda a prefeitura. Bloomberg, noentanto, ad- vertiu o prefeito do Rio: – Você vai começar a apanhar

(pelo telefone)

, eisso vai obri- gá-lo a fazer as coisas melhor. Sábias palavras do alcaide nova-iorquino.Com afacilida- de do número unificado, devem crescerem proporçãogeomé- trica as reclamações. Precisará aumentar também, e muito, a capacidade da prefeitura cario- ca deresponder satisfatoria- mente às demandas. Paes já anunciou que premia- rá os funcionários que resolve- rem a maior quantidade de pro- blemas apresentados pelo cida- dão. Masisso não basta.É pre- ciso que todos os órgãos muni- cipaissejam modernizadose aparelhados para que seus de- sempenhos sejammelhores a cada dia, dando margem a me- nos reclamações.