Câncer de próstata

cm, está localizada na pelve, abaixo da bexiga urinária e na frente do reto, e envolve parte da uretra, canal pelo qual a uri- na é eliminada. Sintomas des- temal: jatourinário fraco,di- ficuldade ou demora no urinar, necessidade frequente de uri- nar, interrupçãoinvoluntária no jato, presença de sangue na urina, dor ou sensação de quei- mação durante o ato de urinar, urgência (sensação de que não pode segurar a urina) e sensa- ção deesvaziamento incom- pleto da bexiga. Evidente queestes sinto- maspodem serdeoutras doenças dotrato urinário. Daí a necessidade de se faze- rem examesespecíficos. Existemvárias maneirasde tratamento, dependendo da idade e do estágio da doença, condições clínicas do pacien- te. Aí o médico avaliará estes fatorese decidiráamelhor conduta a tomar. Cirurgia, ra- dioterapia, medicamentos, terapia hormonal, quimiote- rapia e braquiterapia (im- plante de sementes radioati- vas na glândula). O câncer de próstata aparece mais frequente em pessoas com maioridade. Existetambémo fatorhormonal, ohistóricofa- miliar e a etnia (maior incidên- cia em homens negros). Como evitar? Ainda não é possível, mas ter uma alimen- tação saudável, comer folhas, frutas vermelhas, fazer ativi- dades físicas regulares, evitar fumoe bebidasalcoólicaspo- dem ajudar. Aos homens, não podemosdescartar otoque, cinco segundinhos apenas – é a melhor formade detectara doença chegando perto de 100% de eficiência. É uma técnica simples e im- portante, o médico insere o de- do no reto do paciente, sente a próstata atravésdo tecidore- tal. É um teste rápido que pode revelar o tamanho, o formato, a textura da próstata, se ela está dura ou não, com ou sem ca- losidades. Com base no toque retal o médico decide se testes adicionais devemser realiza- dos. Curta a vida mais um pou- quinho. Quantos homens se fo- ramantes porteremevitado apenas um toque!

Julio José de Melo

OFICIAL DA RESERVA DO EB

Cinco segundos – é quanto basta para o urologista detectar a doença a tempo de a prevenir ou curar

Muito maisdoquese imagina, o câncer de próstata é a doença com maiorincidência entreos homens. Perdeapenas parao câncer de pele. É também a se- gunda maior causa de mortes no Brasil,seguida pelocâncerde pulmão (fumantes estão incluí- dosaí). Sãodiagnosticadosno país 50 mil casos da doença/ano. Destas,95% sãoentrehomens de 45 a 89 anos de idade. Os ho- mens se precatem e procurem os médicos urologistas. O exa- me é bastante simples e rápido, e se a doença for diagnosticada no início é tratada facilmente. O câncer de próstata surge por razões não conhecidas pela ciência.As célulasdapróstata passam ase dividir ese multi- plicar de forma desordenada, levandoàformação deumtu- mor. Alguns tumores podem crescer de forma rápida e se es- palham por outrosórgãos do corpo,podendo levaràmorte. Essas células se espalham e po- dem provocar o mal (metástase) a partir da próstata e em direção aoutraspartes docorpocomo reto, uretra, bexiga, ossos, fíga- do e pulmões. A grande maioria de tumores no entanto cresce de formalenta enãochega adar sintomas durante avida nem ameaçar a saúde do homem. Apesar da altaincidência do câncer depróstata napopula- ção masculina,observa-se que em cada 14 pessoas acometidas com a enfermidade apenas uma morre em decorrência da doen- ça (Instituto Nacional do Cân- cer). A prevenção é e será sem- preo melhorcaminho atomar. Com diagnósticos preventivos sepodedetectar oinícioda doença, aumentando as chan- ces de cura. Homens comidade igualou superior a 45 anos devem rea- lizar anualmente exames pre- ventivos, taiscomo adosagem do Antígeno Prostático Especí- fico (PSA), que em taxas eleva- das pode indicar a presença do câncer erecomendar ofunda- mental toque. É com ele que se detectao inícioda doença.O médico, com a sensibilidade do dedo, sente ao redor da próstata uma espécie de ranhura. É como sevocê fechasse os olhos e passasse a ponta do de- do numa lixa fina e sentisse aquela porosidade. Homens com pessoas na família que ti- veram a doença podem procu- rar o urologista mais cedo, aos 40 anos, e duas vezes ao ano. É certamente arotina maisse- gura.A maioriadosdiagnós- ticos de câncer em estágio inicial é curável. O maior pro- blema é que metade dos casos é identificada quando a doença jáestá disseminada, aí dificulta um pouco. A próstata é um órgão do sis- tema reprodutormasculino que ajuda a produzir e arma- zenar fluido seminal, substân- cia que, junto com o esperma, permite aos espermatozoides sobreviverem e atingirem o óvulo femininona reprodu- ção. No homem adulto, a prós- tata normal possui cerca de 3