Construir uma gestão bem-sucedida

Marcello Palamartchuk

SÓCIO-DIRETOR DA BDO

Todo negócio deve garantir transparência à circulação das informações

Obter sucessona gestão de um negócio é, de fa- to,um grandedesafio. Este desafio exige que os ges- tores estejam sempre muito bem preparadose disponham de expertisespessoais ehabi- lidades interpessoais, o que re- dunda em trabalho em equipe e adequadas práticas de orien- tação. Ao final, bons gestores ou boas equipesgestoras con- tam com características indi- viduais e coletivas comple- mentares, que ajudam decisi- vamente no sucessoda admi- nistração empresarial, tais co- mo criatividade, inovação, boa formação(técnica econcei- tual), atualização e acesso a in- formações, disposiçãoà co- municação, organização e trabalho coordenado, capaci- dade de antecipação e de pla- nejamento, espíritoempre- endedor, atitude e esforço em prol do negócio. Emoutras palavras,todone- gócio deve garantir transparên- cia à circulação das informações e dispor de um staff capacitado, possuidor de habilidades espe- cíficas e complementares. Seja no momento de constituir umnovo negócio,ou nacondu- ção de umempreendimento, é essencialcontar comprofundo conhecimento sobre o mesmo, para que seja possível formular um apropriado posicionamento estratégico. É preciso elaborar análises profundas do

corebusi - ness

e envidar esforços e recursos na atividade-fim;conhecer as necessidades e até se antecipar das àgestão eorganização da empresa.Tais referênciasper- mitem construir uma base ade- quada para o planejamento es- tratégico, que será referência às tomadas de decisão e ao desen- volvimento dos projetos do em- preendimento, de acordo com as necessidades ecomplexidades de cada organização. Tendo em mãos o negócio es- tabelecido, é essencial acompa- nhare gerenciaradequada- mente aspectoscruciais aoseu sucesso, tais como a gestão de pessoas ecompetências (sem- pre com o intuito de valorizar e respeitaros colaboradorese profissionais) e apolítica de marketing erelacionamento com todos os públicos da empre- sa (fornecedores,colaborado- res, agentes intermediários e, especialmente, os clientes). É preciso ter sempre em mente queaempresa nãoéumailha voltada para a satisfação de suas próprias necessidades. Todo em- preendimentoestá inseridoem um universo de relacionamentos einterdependências queacada dia é ampliado, sobretudo com a globalização econômica e social. às expectativasdo cliente-alvo; estudar o entorno do negócio pa- ra detectar fatores críticos de su- cesso para o empreendimento; e apurar oportunidadese amea- ças que o envolvem. De posse dessas importantes informações, passa-se à fase da análiseestratégica, apartirdo levantamento de tendências e daformulação decenários,de- finição de ferramentas adequa-