Cartas

-->Nor mas: -->As car tas deverão conter assinatura, nome completo e telefone. Não serão per mitidas r eferências insultuosas nem infor mações incor r etas. As car tas poderão ser editadas. -->Ender eço: -->A v . Paulo de Fr ontin, 568 – Fundos – Rio Comprido CEP 20261-243 – Rio de Janeir o, RJ -->Te l e f o n e : -->(21) 3923-4000 -->Fax: -->(21) 3923-4428 -->E-mail: -->car tasjb.com.br-->JB-->Escr eva para o-->Car tas-->Eleições-->Candidata Dilma, por que tanto ner - v osismo e r ai v a? Será que a fábula do sapo e do escor pião v ai se concr etizar? Se a senhor a se sentiu incomodada com a ma - téria da -->F olha de S. P aulo -->, tem todo o dir eito de pedir r etr atação . Inadmissív el, par a a esta bilidade da democr acia, é no entanto o que pr etende f az er sua tr opa de c hoque de sindicalistas, da UNE e do MST sustentados por v erbas públicas.-->Luiz Nusbaum, -->São Paulo-->Er a só o f alta v a: outr a ditadur a, agor a do PT da Dilma e Dir ceu. Está ficando bas - tante clar o o g r ande pr ojeto petista: con - tr olar a mídia, in v estir contr a os ricos e escr a vizar o po v o atr a vés do pr o g r ama social Bolsa F amília e que tais. A classe média, que está apoiando o assassinato da nossa Cons - tituição , irá depois lamentar . Corr emos g r ande risco . A unanimidade que eles tanto desejam é uma ameaça à democr acia.-->Odiléa Mignon, -->Rio-->A maioria dos senador es, deputados e políticos dos partidos que supostamente são contr a o go v erno Lula n unca f o i opo - sição de nada. Conf orme diria Briz ola, são todos “filhotes do poder”. A oposição atual está dominada por v elhos caciques que não inspir am a mínima confiança ao eleitor que f az oposição ao lulismo .-->W ilson Gor don Parker , -->Nova Fribur go (RJ)-->Os ór gãos de impr ensa estão f a z e n- do o jo go de Lula e da ala r adical do PT . Se Lula, ine briado pela sua justa po- pularidade, afirma que “Nós somos a opinião pública”, então que seja feita a v ontade do Rei! Retir e de suas man- c hetes até o dia 3 de outubr o qualquer r eferência ao pr esidente da Repúbli- ca, a sua candidata e a outr os can- didatos, r etir e também a di vulgação de pesquisas de intenção de v otos e d e- bates de qualquer espécie. Deixem es- sa tar ef a a car go da Empr esa Br asil de Com unicação , de suas afiliadas e da pr opaganda eleitor al obrigatória!-->Emmanuel Alexander Baltz, -->Rio-->Logros-->A impr ensa, enquanto li vr e e com v oz par a den unciar , tem o de v er de tr az er à tona todos os lo g r os. Mesmo sob o f oco da mídia e sem qualquer inibição ou cons - tr angimento , a escola da Casa Ci vil pr oduz bac haréis em irr egularidades, potenciais candidatos a ocupar o mais cobiçado car go eleti v o do país, sob a gar antia de im - punidade ou simbólicas punições. Assim, está difícil v er luz no fim do túnel.-->Humber to Schuwar tz Soar es, -->Vila V e lha (ES)-->Passarinhos-->Um f ato de r ele vância tem sido ob- ser v ado em quase todo território na- cional: a v olta dos canarinhos e outr as a v es em e xtinção a locais onde há m u i- to não se viam nem ouviam passari- nhos. Bela iniciati v a a dos r esponsá- v eis neste setor . Têm eles atuado de maneir a efeti v a, fiscalizando dur a- mente, pr endendo os depr edador es e soltando os pássar os. Desta maneir a também têm coibido a pr ocur a pelos tr aficantes de a v es r ar as. Certamente é um tr a balho não de agor a, mas só agor a é visto de f orma positi v a. Dei- xem os pássar os v oar . Estão de pa- r a béns os ór gãos fiscalizador es em to- da ár ea consider ada meio ambiente.-->Julio José de Melo, -->Sete Lagoas (MG)-->Irã-->Lutemos pela construção de uma g r ande Ig r eja cristã em T eerã, capital do Irã! Isso v ai ajudar os ir anianos.-->Nelson T angerini, -->Rio